Textos

Olá, queridos. Estou com dores nas articulaçoes, o que está dificultando a digitaçao. Peço a compreensao de todos os que me comentaram e informo que assim que puder, respondo a cada um. Obrigada.

Estou com chicungunya. Ninguém merece.


AMIGOS, SUSPENDI O ENVIO DOS COMENTÁRIOS TEMPORARIAMENTE MAS ASSIM QUE PUDER ESTAREI DE VOLTA. UM ABRAÇO.

 
MIMO
Da linda Cristina Gaspar, sempre generosa.
 
Quanta gentileza da poeta articulada
 E logo está mal das articulações
 Rogo à Deus quero vê-la logo curada
 Terá de mim muitas orações

 Não permita que seu joelho vergue
 Que seus punhos só vibrem de alegria
 Que sua dor atual o vento leve
 E que haja paz no seu coração de poesia

 Que suas mãos logo sarem
 Que suas agruras se dissolvam nas brumas
 E você retorne plena em bela imagem
 Enviarei sorrisos abraços e suaves plumas

 Para que você possa descansar
 Em macias almofadas
 E caprichar ainda mais no seu versar
 Descanse e se cuide deixe as pernas descansadas

 Minha amiga arretada doce e amada
 Fique com Deus no comando de seus dias
 Volte inteira saudável e inspirada
 Que o Universo lhe conceda só alegrias



Mais uma gentileza em forma de versos da doce Cristina, minha anjinha da guarda.

De um acorde dissonante
Rasgado de um rock pesado
Pulando aqui e adiante
Sem pensar em futuro ou passado
Vive uma poetisa radiante
Um ser afetuoso e iluminado
Sua aura clara a torna vibrante
Deus lhe deu um dom abençoado


E mandou outro:

'ZICA Eita mal! que contigo implica
E te faz ficar assim doída e irritada
Um mosquito ao qual nem um elogio se aplica
Daqui envio um berro pra ele PÁRA!!
Deixe minha poetisa escritora amiga em paz
Sob essa pressão ela não sara
Iolandinha tenha fé e esperança
Essa fase demora mas vai passar
Cante sorria invente uma dança
Meus carinhos e abraços repelentes fraternos


MIMO do charmoso poeta JOTA GARCIA. Errou a doença mas acertou na poesia.
Estás "zicada" ao que tudo indica
e dela quanto mais se fala pior fica.
Vem aquela dor que nada alivia te repuxando os tendões.
À noite involuntários serões te oferecem o nascer do dia
que será mais um dia de sofrimento e agonia.
Eita zica danada!



MIMO do Amigo Marcus Rios

Que o teu sorriso
Seja sempre sincero
E que a cada amanhecer 
Você possa sentir
Que as batidas de seu coação
Nunca serão em vão


 
Iolanda Pinheiro
Enviado por Iolanda Pinheiro em 19/03/2017
Alterado em 03/05/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários