Textos



Nota da autora - Estes textos fazem parte de um grupo de escritores do facebook chamado escambanautas, cuja proposta é escrever microcontos a partir de uma palavra dada por dia. Boa leitura.



- PEQUENOS PRAZERES -


Notícia

Fechou a carta querendo não ter lido o conteúdo. Como se o fato de não ter sabido o que acontecera, impedisse os acontecimentos. Agora que sabia, era tão definitivo quanto a morte. As palavras lhe escorriam pelo pensamento e molhavam o papel de carta rosa-chá.

-v-

Dedicação
 
- Sacrifique o cachorro! Diziam. O cão causava nojo nas pessoas, menos nela. Incansável, Marisa dava os remédios, preparava a misturinha da ração, mantinha a água fresca. Oregon sobrevivia mais pelo afeto que por alguma saúde que ainda tivesse, amavam-se como se fossem do mesmo sangue.

-v-

 Cicatriz

Passados quinze anos, encontraram-se. O reconhecimento não foi imediato: o peso do tempo formara novos desenhos em seus corpos. Ao cair da tarde, enquanto ele guardava a aliança no bolso da calça, ela se desnudava pensando se ele iria notar, sobre seu púbis, aquela discreta cicatriz de cesariana.

-v-

 Momentos

Mãe e filho transitavam pela casa, em silêncio, mergulhados num alheamento voluntário. Tudo mudava às três horas da tarde. As notas flutuavam pela sala, cheias de sentimento. Menino autista – flauta transversal. Por caminhos não lineares, o amor se propagava.

 
Iolanda Pinheiro
Enviado por Iolanda Pinheiro em 13/04/2017
Alterado em 15/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Iolanda Pinheiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários